Ir para conteúdo do site

Ir para conteúdo

Prefeitura Municipal de Cachoeira do Sul - RS
Acompanhe-nos:
Facebook
Notícias
Principal   Notícias
 

31/07/2017
Prefeito determina novas medidas de contenção de gastos

 

A reunião de secretários na manhã desta segunda-feira (31) teve um objetivo exclusivo: ouvir a Secretaria Municipal da Fazenda com relação aos gastos do Município que podem ser diminuído. Conforme ia ouvindo a secretária Viviane Santana Dias e a chefe do Controle Interno, Rita Garske, Ghignatti ia definindo que poderia ser feito imediatamente.

Uma das determinações foi suspender, até segunda ordem, os sobre avisos pago a servidores municipais que ficam à disposição para serem chamados à noite ou final de semana, quando necessário. Hoje existe este pagamento para servidores da Secretaria da Saúde, Meio Ambiente e Planejamento (agentes de trânsito), por exemplo. A partir da manhã de hoje, este pagamento, que gera um custo médio de R$ 15 mil, está cancelado. “Agora, cada secretário terá que ver quais servidores precisam de fato ficar de sobre aviso e me mostrar a necessidade. Apenas depois disso que verificaremos o retorno deste pagamento”, explica Ghignatti.

TURNO ÚNICO – As vantagens e as desvantagens do turno único na Prefeitura foi uma das medidas discutidas entre os secretários municipais. Ao serem questionados sobre seus posicionamentos com relação ao assunto, a maioria se mostrou contra a turno único. “O turno único ainda é uma sugestão que precisa ser amadurecida. Não vou tomar esta decisão sozinho”, explica o prefeito. Para entrar em vigor, o turno único precisa ser aprovado através de lei pela Câmara de Vereadores. Existe ainda um entendimento do Ministério Público de que o turno único não pode ser implementado por vários meses consecutivos.

De acordo com dados apresentados pela Secretaria da Fazenda, o turno único pode permitir uma redução de gastos mensais de aproximadamente R$ 72 mil, incluindo vale-transporte, combustível, água, luz e telefone.

Vamos economizar ao máximo”

Esta foi a principal determinação do prefeito Sergio Ghignatti nesta segunda-feira “Vamos economizar ao máximo”. Nos dados apresentados pela Secretaria da Fazenda, um deles foi de que o repasse de recursos para a Prefeitura de Cachoeira do Sul devem cair consideravelmente nos próximos mês. As projeções mostram quem em agosto estes valores devem girar na casa de R$ 7,7 milhões e deve cair para cerca de R$ 6,5 milhões em setembro.

As medidas sugeridas para reduzir gastos

– Redução no ritmo de compras

– Redução dos alugueis ou negociação de valores

– Redução de horas extras

– Início do estudo do organograma da Prefeitura (CCs e FGs)

– Redução de gastos em energia elétrica (inclusive interior)

– Redução de gastos com água

– Redução de gastos com telefone

– Redução na folha de pessoal

Fonte: Prefeitura de Cachoeira do Sul

 
 
 
 
Prefeitura Municipal de Cachoeira do Sul
ENDEREÇO
Rua XV de novembro, 364 - Centro
CEP: 96508-750
TELEFONE
(51) 3724-6121
ATENDIMENTO
08:00 às 11:30 - 13:30 às 17:00
Seta
Copyright Instar - 2006-2019. Todos os direitos reservados - Instar Internet Instar Internet