Ir para conteúdo do site

Ir para conteúdo

Prefeitura Municipal de Cachoeira do Sul - RS
Acompanhe-nos:
Facebook
Notícias
Principal   Notícias
 

07/04/2017
Governo Ghignatti chega aos seus 100 dias na segunda-feira

O começo de uma gestão municipal traz diversos significados e desafios, alguns descobertos logo após as eleições e outros que surgem após a posse. O Prefeito Sergio Ghignatti completa nesta segunda-feira (10) os seus 100 primeiros dias de governo. A posse foi, muito além da festa, um dos primeiros passos para a concretização dos anseios da comunidade.

Além de suprir a demanda diária de pedido dos cachoeirenses, Ghignatti buscou nestes 100 dias de mandato implementar ações que tivessem resultados de impacto na sociedade, alguns talvez a médio e longo prazo, mas que terão influência direta na vida da população.

UPA – Uma das principais conquistas deste período foi a confirmação de que o HCB vai administrar a Unidade de Ponto Atendimento (UPA), que está pronta para funcionar há quatro anos. Esta foi uma das principais promessas de campanha de Ghignatti, que viu o assunto se desenrolar já nos primeiros meses de governo.

Nesta semana Ghignatti tomou ainda a forte decisão de chamar os prefeitos das outras 11 cidades que compõe a 8ª CRS para buscar alternativas para aumentar o teto do serviço de oncologia, prestado pelo HCB.

Além disso, Ghignatti esteve em fevereiro em Brasília visitando deputados buscando auxílio de através de emendas parlamentares e retorna nesta terça para a capital federal para um encontro no Ministério da Educação para tratar dos recursos para a obra do campus da UFSM.

Os 100 dias de GG

1º de janeiro

No dia 1º de janeiro o médico Sergio Ghigantti e empresário e acadêmico de Gestão Pública Joaquim Cléber Cardoso da Silva assumiam o cargo de prefeito e vice-prefeito de Cachoeira do Sul.

5 de janeiro

O prefeito Sérgio Ghignatti definiu que a Prefeitura de Cachoeira do Sul daria auxilio de R$ 25 mil para cada uma das quatro escolas de samba, somando R$ 100 mil em subvenção social. Os presidentes das escolas Aldeanos do Samba, Estação Expresso, Inovação e Unidos da Vila aceitaram a proposta. “Carnaval: explosão de alegria, cores e cultura” foi o tema deste ano.

6 de janeiro

O prefeito Sérgio Ghignatti recebeu o presidente da Câmara de Vereadores de Cachoeira do Sul, Paulo Trevisan, acompanhado de sua mesa diretora os vereadores; Carlos Alberto Moraes, Telda Assis, Felipe Franja, Jorge Fialho, Pedro Silvino e Gilmar Dutra. Foi o primeiro encontro dos líderes do Executivo e do Legislativo depois da posse.

10 de janeiro

Ghignatti anunciou o reajuste de 6,99% aos servidores municipais, ativos e inativos. A definição aconteceu durante um encontro com representantes do Sindicato dos Professores Municipais(Siprom). Com o reajuste o salário básico dos professores passava de R$ 975,72 para R$ 1.043,92.

13 de janeiro

Neste dia, o prefeito Sérgio Ghignatti fez a sua primeira visita a Unidade de Pronto Atendimento(UPA) depois de assumir seu novo mandato. Ghignatti avaliou salas e equipamentos, todos comprados em sua primeira gestão, que encerrou em 2012, mas que chegaram durante a gestão de Neiron Viegas.

23 de janeiro

O prefeito Sérgio Ghignatti teve o seu primeiro encontro com a provedoria do Hospital de Caridade e Beneficência (HCB), As futuras parcerias entre a Prefeitura e a casa de saúde foi o principal assunto do encontro, entre elas, a UPA.

7 de fevereiro

Neste dia Sergio Ghignatti chegou a Brasília em sua primeira viagem a capital nacional. Acompanhado do Secretário de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Ronaldo Tonet e do então diretor de urgência e emergência da Secretaria Municipal da Saúde, Roger Gomes da Rosa, Ghignatti esteve na Associação Brasileira de Logística e Transporte de Cargas(ABTC), com o cachoeirense e presidente da entidade, Pedro Lopes, foi ao Ministério da Previdência e foi ao gabinete de vários deputados. O primeiro dia de viagem rendeu bons frutos. O deputado federal João Derli (Rede) garantia duas emendas parlamentares para Cachoeira do Sul: uma de R$ 300 mil através da Banca

da Gaúcha para compra de equipamentos para a agricultura e outra de R$ 250 mil para a pavimentação.

8 de fevereiro

No seu segundo dia em Brasília, Sergio Ghignatti visitou o deputado Federal Heitor Schuch (PSB), que recebeu a confirmação da destinação de uma emenda parlamentar de R$ 300 mil para segurança pública e videomonitoramento.

9 de fevereiro

O prefeito Sergio Ghignatti foi ao Ministério do Trabalho para tratar da manutenção da Delegacia Regional de Trabalho em Cachoeira do Sul.

17 de fevereiro

Nesta data o prefeito Sérgio Ghignatti teve um encontro importante no Hospital de Caridade e Beneficência(HCB). Na pauta o assunto em debate foi a possibilidade da entidade HCB assumir a estrutura da Unidade de Pronto Atendimento(UPA). Neste mesmo dia Ghignatti recebeu um telefonema do deputado federal José Otávio Germano informando a destinação de R$ 3 milhões para o HCB, R$ 1 milhão pavimentação, R$ 700 mil para videomonitoramento e R$ 250 mil para o Campo da Bica, tudo através de emendas parlamentares.

24 de fevereiro

O prefeito Sérgio Ghignatti esteve mais uma vez no HCB para continuar as tratativas da entidade assumir a estrutura da Unidade de Pronto Atendimento(UPA) o plantão 24 horas na zona norte de Cachoeira do Sul.

Ainda neste dia, Ghignatti recebeu a visita da atriz da TV Globo Thereza Amayo, que estava em Cachoeira do Sul para participar dos desfiles do Carnaval de Rua 2017. Á noite, aconteceu a abertura do Carnaval de Cachoeira do Sul.

3 de março

No gabinete do prefeito Sérgio Ghignatti acontecia a formalidade de assinatura e posse do novo presidente da Junta do Serviço Militar de Cachoeira do Sul. Após o ato de posse o prefeito Ghignatti prestou juramento à Bandeira da Pátria e recebeu como presente o Brasão do Exército Brasileiro. O prefeito permanece no mandato como presidente da JSM até o final do ano de 2020.

Também em neste dia foi feito o sorteio dos 26 lotes Hhabitacionais do Bairro Primavera, com a presença de secretários e famílias beneficiadas.

9 de março

Em encontro que durou duas horas no gabinete do prefeito Sérgio Ghignatti neste dia ficou definido: é o Hospital de Caridade e Beneficência de Cachoeira do Sul(HCB) que vai administrar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município.

10 de março

O prefeito Sérgio Ghignatti confirmava neste dia que o Paço Municipal será ocupado pelo Museu Municipal de Cachoeira do Sul – Patrono Edyr Lima.

Vamos ressarcir a população deste investimento dando a oportunidade de conhecerem a história de Cachoeira do Sul” destacou Ghignatti”.

21 de março

O prefeito Sérgio Ghignatti neste dia recebia as chaves do Paço Municipal, simbolizando o fim da obra de restauro do prédio, que é tombado como patrimônio histórico de Cachoeira do Sul. A obra, que iniciou em outubro de 2015, teve um investimento de mais de 2 milhões. Com financiamento do fundo do banco de desenvolvimento gaúcho Pimes/Badesul para pagamento em 48 parcelas.

24 de março

O prefeito Sergio Ghignatti recebe a confirmação andamento da obra do Loteamento Figueiras, no Bairro Tupinambá, na zona leste de Cachoeira do Sul. A Maji Participações e a Boni Empreendimentos já tinha em mãos a Licença de Instalação (LI), documento liberado já nos primeiros meses do seu governo Ghignatti. Ao todo são 170 terrenos.

26 de março

O Châteu D´Eau foi entregue à comunidade depois de 10 meses de obras de restauro. O investimento de R$ 1,1 milhão foi patrocinado pela Corsan, estatal que se comprometeu com o restauro ao renovar com a Prefeitura o contrato para a prestação de serviços de tratamento e distribuição de água e esgotamento sanitário em Cachoeira. O restauro foi feito pela empresa Estúdio Sarasá, de São Paulo.

3 de abril

O prefeito Sergio Ghignatti assina o termo de concessão de uso do prédio da antiga Estação Ferroviária de Cachoeira do Sul para a empresa Wall-E, apoiada através do Prodic. Ela atuará com recolhimento de lixo eletrônico e ainda como indústria de construção de painéis e eletrônicos e letreiros luminosos. O empreendimento é inédito na região.

5 de abril

Sergio Ghignatti agenda encontro com os prefeitos e secretários de Saúde das outras 11 cidades da região que utilizam o serviço de oncologia do Hospital de Caridade e Beneficência (HCB) para tratar da possível suspensão da prestação de serviços oncológicos para novos pacientes através do Sistema Único de Saúde (SUS). Hoje a Prefeitura recebe mensalmente R$ 131.045.95, enquanto gasta em média R$ 370 mil, tendo que acrescentar dos cofres públicos do Município cerca de R$ 240 mil todos os meses.

 
 
 
 
Prefeitura Municipal de Cachoeira do Sul
ENDEREÇO
Rua XV de novembro, 364 - Centro
CEP: 96508-750
TELEFONE
(51) 3724-6121
ATENDIMENTO
08:00 às 11:30 - 13:30 às 17:00
Seta
Copyright Instar - 2006-2019. Todos os direitos reservados - Instar Internet Instar Internet